Acesso a Informação:
     

Filie-se ao Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná



"Os homens podem dividir-se em dois grupos: os que seguem em frente e fazem alguma coisa e os que vão atrás a criticar." (Sêneca)
-Interna

Notícias

Agente da PF vai contar bastidores da segurança pública

20/03/2018

Os bastidores da segurança pública aos olhos de um policial federal são o mote central da história Efeito Dominó, que será lançada como livro ainda neste ano. O projeto foi criado originalmente para ser uma série de TV, mas o policial D.R. Mag, que prefere manter o anonimato, quis aprofundar mais o tema e abordar, também, as pautas de interesse da carreira.
Segundo o autor, o livro fará uma análise do sistema de investigação e trará histórias de corrupção nos mais diversos níveis, além de falar um pouco sobre a desmotivação dos policiais, o jogo de interesses políticos e da imprensa, o crime organizado e a sociedade como refém de tudo isso.
“Infelizmente, por aqui, a polícia só funciona bem nos casos de repercussão. E isso tem um porquê: dar respostas rápidas à sociedade e causar a impressão de que ela é sempre eficiente. Só quem já ficou horas para registrar um boletim de ocorrência que não deu em nada sabe como é a realidade. E o menor culpado disso é o policial. Aliás, ele também é vítima de um sistema falido, só que é o mais cobrado, porque está na linha de frente”, lamenta D.R.

Campanha
A previsão de lançamento de Efeito Dominó é durante a Bienal de São Paulo, em agosto, mas para isso o autor pede a ajuda dos colegas. D.R. Mag optou pela campanha de financiamento coletivo, que, segundo ele, servirá para “juntar pessoas em torno da ideia, da divulgação e para ter uma tiragem fixa para distribuição da obra”. A campanha crowdfunding começou em 27 de fevereiro e segue até 28 de abril.
Para que o livro seja lançado, é preciso arrecadar R$ 30,5 mil. Até o momento, a campanha já chegou aos 27% do total. As doações para o lançamento variam entre R$ 20 e R$ 1.000, dependendo do pacote escolhido. O doador pode apenas ajudar, sem nenhum benefício, ou comprar mais de uma unidade para presentear, além de levar brindes.
Para apoiar a campanha, clique aqui.

Comunicação Fenapef