Acesso a Informação:
     

Filie-se ao Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná



"Os homens podem dividir-se em dois grupos: os que seguem em frente e fazem alguma coisa e os que vão atrás a criticar." (Sêneca)
-Interna

Notícias

Pré-candidatos falam sobre os desafios para segurança pública em Encontro Nacional

08/03/2018

Espaço para os colegas candidatos às eleições de 2018 durante o 3º Encontro Nacional dos Policiais Federais, nessa quarta-feira (07), em Brasília (DF). Policiais eleitos nos estados e no Congresso mostraram apoio aos pré-candidatos, apresentando desafios e sugestões para a corrida eleitoral.
Luís Antônio Boudens reafirmou o compromisso da Federação com os policiais federais nessa disputa. “Nossa posição é de continuar firme nesse projeto e temos mais representantes da PF no Congresso. Precisamos de vozes no combate à corrupção”, disse.
O presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, Deolindo Carniel, esteve presente no evento e considerou oportuno o debate sobre estratégias para a segurança pública e o apoio aos pré-candidatos. “É importante a representação dos policiais no parlamento, pois temos propriedade para falar sobre o tema.” O diretor Parlamentar da Fenapef, Marcos Firme, e o diretor de Estratégia Sindical, Júlio César, também apresentaram estratégias para ampliar o alcance dos policiais federais nas eleições deste ano.
Mulheres na PF
Segundos dados da Fenapef, apenas 30% dos servidores são mulheres. A policial federal de Foz do Iguaçu Bibiana Orsi é a única mulher na corrida para uma vaga no Congresso Nacional. Segundo ela, é uma luta árdua, mas é preciso união nesse momento. “Precisamos envolver as mulheres nessa corrida eleitoral e nas lutas dentro da PF”, clamou a pré-candidata.
O deputado estadual no Paraná Márcio Pacheco reafirmou a fala da colega e explicou que é preciso traçar algumas táticas para um melhor desempenho. “É interessante procurar um partido que te dê condições de se eleger e esquecer o discurso segregador”, alertou. “Não existe avanço em qualquer demanda sem política, sem representação no Congresso, nas câmaras e nas assembleias”, completou o deputado, que também é policial federal. Alguns partidos políticos também tiveram espaço para apresentarem propostas.
Comunicação Fenapef