Acesso a Informação:
     

Filie-se ao Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná



"Os homens podem dividir-se em dois grupos: os que seguem em frente e fazem alguma coisa e os que vão atrás a criticar." (Sêneca)
-Interna

Notícias

Fenapef discute Reforma da Previdência no Senado

02/08/2017


A Reforma da Previdência e a defesa da aposentadoria policial continuam sendo prioridade para a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef). No primeiro dia de trabalho após o recesso parlamentar, o presidente e vice-presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens e Flávio Werneck, participaram de audiência pública para debater as reformas trabalhista e previdenciária. A sessão ocorreu a pedido do vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa (CDH), senador Paulo Paim (PT-RS).
O presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens, compôs a mesa diretora e alertou para os prejuízos que a reforma trará. “Nós temos o dever de sair de casa todos os dias para combater o crime, o que torna a nossa profissão diferenciada. Hoje temos mais de 30% dos policiais federais com algum tipo de adoecimento de aspecto psicológico, e se esses servidores conseguirem sobreviver até o final, eles irão se aposentar, mas um grupo ficará pelo caminho. Com a nova reforma, o policial deixará apenas 50% da pensão que é estabelecida hoje e mais 10% para cada dependente. Então não é um simples ajuste”, conclui.
Já o vice-presidente da Fenapef, Flávio Werneck Meneguelli, destacou a importância da manutenção dos direitos para minimizar os efeitos negativos para a população. “O governo está tirando os direitos dos brasileiros, reduzindo os benefícios ao invés de buscar o verdadeiro cerne da questão: a manutenção desses direitos e como podemos incrementar a nossa entrada de valores para que o povo não pague essa conta”, disse.
Histórico
O Plenário do Senado aprovou a PEC nº 38 de 2017 no último dia 11 por 50 votos a favor e 26 contra, além de 1 abstenção. Já a PEC nº 287 de 2016, que se refere à Reforma da Previdência, ainda tramita na Câmara dos Deputados.
Atualmente uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado vem ouvindo especialistas do setor para esclarecer as contas da Previdência Social. Nas últimas semanas, a CPI apresentou relatório dos trabalhos do primeiro semestre, que comprovam que o sistema é superavitário. Leia mais: goo.gl/TTt8yi
Agência Fenapef