Acesso a Informação:
     

Filie-se ao Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná



"Os homens podem dividir-se em dois grupos: os que seguem em frente e fazem alguma coisa e os que vão atrás a criticar." (Sêneca)
-Interna

Notícias

Em busca de justiça, hoje ás 9:00 horas, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) se juntará ao Sindicato dos Policiais Federais no Paraná (Sinpef/PR)

21/02/2017

Em busca de justiça, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) se juntará ao Sindicato dos Policiais Federais no Paraná (Sinpef/PR) e sua representação de Cascavel, dia 21/03/2017, para acompanhar o julgamento do ruralista Alessandro Meneghel, assassino confesso do agente de polícia federal, Alexandre Drummond Barbosa, 36 anos, ocorrido em abril de 2012.
O presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens, acompanhará a audiência juntamente com os representantes do Sinpef/PR e uma caravana de familiares e de policiais federais da cidade de Cascavel, local onde aconteceu o crime. “A Fenapef e o Sindicato dos Policiais Federais no Paraná têm apoiado incondicionalmente o trabalho do Ministério Público e irão brigar até o fim para que seja feita justiça pela morte de um dos nossos colegas. Queremos a condenação do assassino no maior rigor estabelecido pela lei”, afirmou Boudens.
O julgamento foi adiado por duas vezes, uma das quais pelo fato de o advogado de defesa do assassino ter deixado a sessão, obrigando a suspensão dos trabalhos.
Relembrando o caso
O policial federal Alexandre Drumonnd Barbosa foi assassinado na madrugada do dia 14 de abril de 2012, em frente a uma casa noturna, no centro de Cascavel.
Provas testemunhais e um vídeo produzido a partir de uma câmera instalada em frente à casa noturna mostram que minutos após uma discussão, já na calçada, na área externa, o policial foi surpreendido por disparos de arma de fogo, desferidos por Alessandro Meneguel, de dentro de uma caminhonete Mitsubishi Pajero, que ele conduzia.
Segundo a Polícia Federal, o agente, mesmo gravemente ferido, ainda chegou a reagir efetuando alguns disparos contra o veículo. Em seguida, Alessandro, com uma espingarda calibre 12, ainda do interior do veículo, efetuou outros disparos contra o policial já caído, fugindo em alta velocidade. Alessandro Meneguel foi preso na mesma madrugada do crime.
Agência Fenapef