Acesso a Informação:
     

Filie-se ao Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná



"Os homens podem dividir-se em dois grupos: os que seguem em frente e fazem alguma coisa e os que vão atrás a criticar." (Sêneca)
-Interna

Notícias

GOE “Goezona”

15/11/2016
COMUNICADO Nº 16/2016 -JUR/FENAPEF
FENAPEF orienta contemplados como proceder para sacar o precatório referente a ação da GOE “Goezona”, a partir desta sexta-feira (11/11/2016)

Caros colegas,
Como é do conhecimento de grande parte dos 679 contemplados em precatórios na ação Goezona com recebimento previsto para a data de amanhã (11/11/2016), os valores foram indevidamente bloqueados pelo advogado J.F. Camargo, um dos sócios do escritório Sarmento, Camargo & Sarmento, em 31/10/2016.
A partir da solicitação de inúmeros sindicalizados que sentiram prejudicados, a Diretoria Executiva da FENAPEF atuou forte e decisivamente para evitar o bloqueio, tendo obtido êxito em reverter o desbloqueio, no último dia 08/11/2016. Os bastidores de como se deu o bloqueio e os bastidores do desbloqueio ainda serão revelados após o recebimento dos precatórios, a bem da verdade.
Embora o bloqueio de todos os precatórios que seriam recebidos na Caixa Econômica Federal-CEF, tenham sido efetivado pela Agência 4279-9, da CEF, de Maceió, esta não possui autonomia interna para realizar todos os desbloqueios, conforme apurou o signatário em diligência na capital alagoana.
Os desbloqueios somente podem ser feitos pela agência matriz da CEF, em Brasília/DF, assim orientamos a todos os beneficiários da GOE a realizarem os seguintes procedimentos:
a) dirigir-se a agência da CEF mais próxima e solicitar que o gerente envie email para a agência matriz em Brasília/DF, solicitando o desbloqueio de seu precatório;
b) após o desbloqueio apresentar carteira de identidade, CPF e comprovante de residência (originais e cópias simples) para receber o seu precatório, a partir do dia 11/11/2016.
Cerca de 80% dos precatórios da GOE serão pagos na CEF e o restante do BB, contudo, não houve tempo hábil para checar como este banco o procedimento que adotará para pagar os contemplados. A gerente da CEF afirmou que o procedimento seria o mesmo exigido por sua Instituição Financeira.
Ressaltamos que os 5.050 contemplados na ação dos 3,17%, na qual a FENAPEF figura como autora, só precisam se dirigir aos bancos indicados para receberem os seus valores, não precisando adotar qualquer outro procedimento, apenas levar a documentação pessoal mencionada acima.    
Ressalte-se que dos precatórios somente devem ser retidos pelo caixa, o percentual de 11% de PSS, posto que os honorários advocatícios (20%) já foram deduzidos.


Luís Antônio Araújo Boudens
Presidente FENAPEF